sexta-feira, março 21, 2008

UBUZIMA - De Corpo e Alma

Ubuzima, que em língua africana significa “União do corpo com a alma” é um Coletivo de Arte e Tranças Afro formado por seis jovens negras de Porto Alegre-RS: Cláudia Silva, Denise Fontoura, Fernanda Ferreira, Joseane Padilha, Malizi Gonçalves e Quênia Lopes. Criada em abril de 2002, tinha como objetivos iniciais suprir uma lacuna existente no mercado da moda do Hip Hop que se mostrava bastante tímido no que dizia respeito ao universo feminino, e o desejo de usar de uma moda mais própria e original. No começo, as peças eram confeccionadas despretensiosamente, em escala muito pequena, feitas para uso próprio ou para alguém próximo. Devido as constantes procuras, atividades que cada uma já trazia consigo iam sendo aprimoradas, organizadas e utilizadas como forma de gerar renda. O artesanato: crochê, costura, aplicações, pinturas, etc. e as tranças que todas, como a maioria das meninas negras, aprenderam com a mãe, uma irmã, uma amiga. Com o passar do tempo a Ubuzima foi tomando proporções muito maiores pois não era vendido apenas um produto mas também uma atitude. Nos produtos expressamos o que somos, como pensamos, nossa posição em relação ao mundo. Ao embelezarmos os cabelos com as tranças, ato de intimidade e cuidado com o(a) próximo(a), trabalhamos a auto-estima e afirmamos nossa identidade. Desde então a Ubuzima exerce um papel fundamental de sensibilizar revelar a beleza da juventude negra, demonstrar a capacidade produtiva e de organização das mulheres negras e incentivar a geração de trabalho e renda, firmando sempre o comprometimento com a manutenção da cultura negra. Promovemos oficinas, cursos, workshops de tranças, de auto-estima, debates, desfiles, feiras.Ubuzima, hoje, é um grupo que agrega, compartilha e cria oportunidades, associando-se a pessoas e grupos que tenham este mesmo comprometimento com a arte, com o trabalho e a negritude.


A Ubuzima atende as cidades do Rio de Janeiro (Cláudia, Denise e Quênia) e também em Porto Alegre (Fernanda e Malizi).

Nenhum comentário: